sábado, 29 de março de 2008

- Do mesmo papel em que lavrou a sentença contra um adúltero, o juiz rasgará um pedaço para nele escrever umas linhas amorosas à mulher de um colega ! (Michel de Montaigne)

2 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido amigo, quem sabe ? Pode muito bem acontecer... Já vi coisas piores... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

AJO disse...

Já tinha saudades destas frases que ensinam.
Boa semana