domingo, 21 de setembro de 2008

- Amai aqueles em quem mandais. Mas sem lhes dizer nada ! (Antoine-Jean-Baptiste-Marie-Roger Foscolombe de Saint-Exupéry, filho do conde Jean Saint-Exupéry e da condessa Marie Foscolombe (1900-1944), foi um escritor, ilustrador e piloto da Segunda Guerra Mundial, onde morreu aos comandos dum avião. O seu corpo nunca foi encontrado. Escreveu para jornais e revistas. A sua obra prima, escreveu-a quando estava exilado nos EUA, Le Petit Prince (O Pequeno Príncipe ou O Principezinho) - 1943. Tem outros diversos livros, muitos só editados depois da sua morte, como, por exemplo, "Lettres à sa mère" - 1955)

6 comentários:

Vieira Calado disse...

Nada sabia da vida desse homem.
Já fiquei mais ilustrado.
Bem haja.

xistosa - (josé torres) disse...

Vieira Calado

Também no seu "sítio" tenho aprendido bastante.
Aprendemos até morrer, porque depois vamos passar muito tempo mortos.

mundo azul disse...

Saint Exupéry...Tenho o Pequeno Principe a anos na minha cabeceira! Acho as mensagens do livro maravilhosas...De vez em quando, abro e leio.

Ele tem toda razão na frase...É preciso bastante cuidado ao lidar com as pessoas que estão sob nosso mando...


Beijos de luz e o meu carinho!

xistosa - (josé torres) disse...

Mundo Azul

Os que estão ao nosso mando, são seres da nossa igualha.
Grandiosos são os que não esquecem isto!

São disse...

Sem lhes dizer?...
Não sei se será boa ideia.
Um abraço.

xistosa - (josé torres) disse...

São

A virtude está em ser magnânimo sem fins lucrativos ou bajulações ... penso eu!