sábado, 24 de maio de 2008

- Compreender a dificuldade dos outros é perdoar !
(Leon Nikolaievitch Tolstoi, russo, 1828-1910. Foi um novelista, pacifista e pensador moral, notável pelas suas ideias de resistência a não violência).

10 comentários:

CÁ FICO disse...

Eu vou aderir ao boicote de 1 - 2 -3 de Junho à Repsol, BP e GALP

Ana Maria disse...

Verdade, quando compreendemos as pessoas conseguimos perdoá-las.
Tenha um bom final de semana.
Meus beijinhos.
Ana Maria

xistosa disse...

cá fico

Antes do mais, obrigado pela visita.
Só respondo hoje, porque tenho uma visita especial, o meu filho que trabalha em Inglaterra.
Não estava preparado, porque há sempre um café para as visitas.

Já agora em, www.maisgasolina.com, tem a indicação dos locais onde é mais barato o "pitról".

Um resto de bom domingo.

xistosa disse...

Ana Maria

Primeiramente, obrigado pela visita.
Como disse ao "seu vizinho de cima", não sabia da visita, não fiz um cafézinho, não o aromático brasileiro, mas o forte de Timor.

Quem compreende perdoa sempre!

Um resto de domingo com tudo de bom.

Ana Maria disse...

Xistosa amiga, uma ótima segunda para você.
Obrigada pela visita.
Lindas palavras que deixou.
Palavras poéticas, enriquecidas.
Volte sempre.
Vc já visitou o
http:/contosdeumquotidiano.blogspot.com/
*Quotidi-Ana-Mente*?
Dê um pulinho lá, ficarei grata.
Ana Maria

a casa da mariquinhas disse...

Amigo Xistosa
Lindo pensamento do grande escritor Leon Tolstoi.
Li algumas das suas obras - as famosas "Anna Karenina" e "Guerra e Paz", e ainda uma autobiografia de que gostei imenso.
Foi uma linda homenagem, recordá-lo aqui.
Boa estadia para o seu filho. Aproveite!
Beijos
Mariazita

Miguel Barroso disse...

Sim, é. Abraços do EU, SER IMPERFEITO e d´A SEIVA

xistosa disse...

ana maria

Obrigada, mas já é quinta-feira, aqui. Aí ainda é quarta.
Tenho problemas no computador e não apareço ...
vou regressar.
Já verifiquei que tem o link do meu blog.
Vou colocar no "INSÉTE", porque este talvez vá findar.
Estou velho para escrever e as letras caiem-me ao chão.
Obrigada!

xistosa disse...

a casa da mariquinhas
Mariazita

Li a obra quase todo de Tolstoi.
Vivi a infância em Castelo Branco, apesar de ter nascido no Porto, onde no Verão só havia calor ...
Namorar era proibido ... tinha que se passar o tempo, que televisão, só ao fim de semana ...
Tempos terríveis.
O filho já levantou voo e o computador "aterrou" na lama ...
Vou sobreerguer-me.
Obrigada pela visita.

xistosa disse...

miguel barroso

Obrigado pela visita.
Retribuí-la-ei ...