domingo, 17 de fevereiro de 2008

- O maior juiz dos teus actos deves ser tu mesmo e não a sociedade ! (Dalai Lama)

3 comentários:

luma disse...

Este pensamento vai de encontro a tudo que penso, em sempre agir com a consciência limpa e tranquila.

Deixou um recado no blogue da Odele e como a crítica foi lançada à minha pessoa, tenho por mim que mesmo em respeito a opinião alheia, devo ter o meu direito de defesa.

Parte do comentário:

"Não fiz a postagem colectiva contra a pedofilia, porque acho que um blog não se pode arrogar o direito de ...

Teve a ideia ... que eu, nem outros tiveram ... mas penso que não deviam fazer publicidade ao seu próprio blog.

Não tenho inveja, nem a poderia ter nesta idade, mas como não gostei ... não aderi!"

Não me roguei a nada, justo porque é um problema social, de toda gente, não há povos que não o sente.

Se incomoda o nome do blogue estar no selo, escolhesse outro. Dei a opção, mas os meus amigos de luz, preferiram o primeiro.

Leia pelo menos uma das postagens do meu blogue, em especial a que digo da criação do selo

http://luzdeluma.blogspot.com/2008/01/pedofilia-ertica-voc-concorda.html

Não há necessidade de eu estar me promovendo, mas mesmo se assim o fosse. Não acha que a causa é justa e que ao invés de conjecturas sobre a minha pessoa deveria pensar no bem infantil?

Ademais, penso que devemos falar somente daquilo que conhecemos.

Boa semana!

Fipa disse...

concordo plenamente!devemos reconhecermo-nos racionalmente. depois de sermos o juizes de nos, os outros ja poderão conjecturar à vontade!=)

AJO disse...

claro... mas às vezes somos um juis pouco rigoroso outras vezes demasiado ... não será?